PROCURE SOBRE UMA HISTÓRIA:

Barra horizontal

domingo, 29 de janeiro de 2012

A Resposta - Kathryn Stockett

capa a respostaSinto-me honrada e ao mesmo tempo preocupada com o convite para participar de Histórias para ler. Honrada porque tenho idade para ser mãe de toda essa moçada que faz parte do blog e me sinto lisonjeada por compartilhar ideias com jovens inteligentes e interessados num bom livro. Preocupada porque gosto é pessoal, mas enfim, esse é o propósito. Dar a opinião de leitores para leitores sem pretensões de crítica literária. Depois da dúvida resolvi encarar o desafio e aqui estou eu com a minha primeira recomendação.

Começo com o livro The Help, de Kathryn Stockett, que foi traduzido para o português por A Resposta e que recebeu o título de Histórias Cruzadas no cinema (ainda não tive oportunidade de assistir).

1962, mas poderia ser hoje. O livro me fez pensar muito, principalmente porque somos brasileiros e alardeamos ao mundo que não somos preconceituosos. Será mesmo?

O livro retrata o preconceito das donas de casa da classe média americana contra suas empregadas domésticas, negras. Tudo começa porque uma das senhoras do clube de bridge não quer usar o banheiro da casa da amiga porque ele também é usado pela empregada. A casa em questão não tem dependências de empregada. A dona da casa em questão não é tão abastada quanto suas amigas, mas não quer se sentir excluída e inferniza a vida do marido.

Três mulheres resolvem lutar contra isso, de forma inusitada. Uma branca e duas negras. Quem poderia imaginar que elas se tornariam defensoras de uma mesma causa? É uma luta velada que começa muito tímida para explodir num escândalo descomunal numa cidade do Mississipi. Um crítico do Sunday Times classificou a história como ‘a outra face de E o Vento Levou...

Narrada de forma simples e até mesmo divertida, onde os erros de linguagem das domésticas são preservados (no inglês está fantástico e no português muito bem mantido), a história é forte, engraçada, emocionante. Uma história de ódio reprimido, de orgulho exacerbado e de medo. Tenho certeza que vai ficar por muito tempo na memória dos leitores que gostam de analisar o comportamento humano.

4 comentários:

Raquel Linhares disse... [Responder comentário]

Parece ser muito interessante!
Parabéns pela primeira postagem, Áurea!

sylviacheleiro disse... [Responder comentário]

Oi Áurea, eu li esse livro e gostei muito, foi um dos livros que mais gostei em 2011. A escrita de Kathryn Stockett está fantástica e a narrativa ficou como vc disse simples e divertida.
Baixei o filme para assistir mais ainda não tive a oportunidade mais vai ser logo pois quem aqui em casa assistiu elogiou bastante.
Ficou muito boa a sua resenha. Parabéns.
Qdo vamos ter mais?

Aurea Dal Bó disse... [Responder comentário]

@Raquel Linhares

Obrigada, Raquel, pelas boas-vindas.

Aurea Dal Bó disse... [Responder comentário]

@sylviacheleiro

Oi Sylvia. Logo estarei escrevendo de novo.

Postar um comentário

O blog continua com a sua opinião.

Já conhecia o livro? O que achou dele?

Não tinha ouvido falar desse título ainda? Deu vontade de ler, certo?

Deixe seu comentário, isso faz o blog viver!

____________________________________________

Queremos uma interação maior com nossos leitores, por isso não aceitamos mais comentários anônimos.

Clique em increver-se por e-mail, assim será avisado sempre que um comentário for deixado na postagem. Uma pode ser a resposta para você.

Se quiser entrar em contato de maneira mais rápida, vá ao nosso Formulário de Contato.

Para parcerias leia aqui antes.