PROCURE SOBRE UMA HISTÓRIA:

Barra horizontal

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Os Sofrimentos do Jovem Werther - J. W. Goethe

Em mais um clássico da Coleção Abril, Goethe retrata parte da vida de Werther. Sua história é contada em terceira pessoa por Wilhelm, através de cartas enviadas a ele por Werther e, em alguns trechos, narrada, para completar informações faltantes as cartas. 

A história começa quando Werther se muda para o campo para trabalhar, mudar de ares. De início, Werther relata em suas cartas como ama a vida calma, o contato com a natureza, a simplicidade das pessoas com quem convive. Até que em uma festa Werther conhece Charlotte. 


O único e enorme problema é que Charlotte, ou Lotte,  está noiva de um jovem chamado Albert que está ausente da cidade por motivos de negócios. Werther não consegue não se envolver, todos os dias vai à casa de Lotte e acaba terrivelmente apaixonado por ela. Lotte, por sua vez, nunca correspondeu a esse amor, mas também nunca o desmotivou.

Werther sempre se mostrou um rapaz muito sensível. Diversas vezes ao longo do livro chora ao discutir sobre seus sentimentos, declamando poesias ou compartilhando o luar com Lotte. Associada a essa sensibilidade exacerbada, sua paixão proibida o foi consumindo e o protagonista foi entrando num estado de depressão irremediável. Nada mais fazia sentido para ele, nada mais tinha sabor, a vida não tinha mais cor nem graça. Retratava todo o seu sofrimento em suas cartas escritas a Wilhelm e em muitas delas mencionou suicídio. Até que ele percebe que acabar com sua vida seria a única saída para o seu sofrimento.

Sim, este livro é muito forte. As emoções são muito fortes, o amor é muito forte e a solução pra este enlace, então, nem se fala! Provavelmente por isto, este livro influenciou toda uma geração. Inclusive, diversas pessoas cometeram suicídio após lê-lo.

Não se preocupem, eu estou bem.

5 comentários:

Carol Jardim disse... [Responder comentário]

tun dun tsssss! =D


enfim, não sei se vai entrar na minha lista não, parece meu down... hahahah

Raquel Linhares disse... [Responder comentário]

Meio? Várias pessoas se mataram depois de ler esse livro. Ele é totalmente down!

..Mas é um clássico!

Back to 505 disse... [Responder comentário]

Olá já li esse livro a alguns anos atrás. Mas o que me chama atenção é a capa do livro. Ele é um esboço de um quadro conhecido que eu não consigo achar de forma alguma. Você por acaso saberia o nome do quadro ou seu autor?

Raquel Linhares disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Raquel Linhares disse... [Responder comentário]

@Back to 505
Autor: Caspar David Friedrich
Obra: Andarilho Sobre o Mar de Neblina

Postar um comentário

O blog continua com a sua opinião.

Já conhecia o livro? O que achou dele?

Não tinha ouvido falar desse título ainda? Deu vontade de ler, certo?

Deixe seu comentário, isso faz o blog viver!

____________________________________________

Queremos uma interação maior com nossos leitores, por isso não aceitamos mais comentários anônimos.

Clique em increver-se por e-mail, assim será avisado sempre que um comentário for deixado na postagem. Uma pode ser a resposta para você.

Se quiser entrar em contato de maneira mais rápida, vá ao nosso Formulário de Contato.

Para parcerias leia aqui antes.