PROCURE SOBRE UMA HISTÓRIA:

Barra horizontal

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Água para elefantes - Sara Gruen

Alguns livros só me convencem de serem lidos quando eu fico sabendo que foi lançado um filme sobre ele. Não porque eu passe a achar que ele deva ser bom, e sim porque eu fico com muito medo de ficar sabendo o final da história por outra pessoa depois que ele for popularizado ou de "ter que" ver o filme por outro motivo qualquer e perder completamente a chance de ler o livro um dia. "Água para elefantes" foi um desses. Quase o comprei várias vezes durante o ano passado, porque achava a capa fofa, porque estava na lista dos mais vendidos e porque o título era intrigante. Mas não comprei. Até que lançaram o filme.

Comprei a versão pocket em inglês, que, para variar, estava mais barata que a versão nacional, além de não cair naqueles erros básicos de tradução que assombram alguns livros hoje em dia. Ele veio com a Reese Witherspoon e o Robert Pattinson na capa, o que já me dá calafrios: primeiro porque eu odeio quando colocam o filme na capa do livro, segundo porque esse é o casal mais sem química do mundo e terceiro porque ninguém merece esse cara atuando. Tirando essas ressalvas, comprei assim mesmo, porque eu amo pockets - são muito mais fáceis de levar no metro e muito mais leves de carregar na bolsa.

"Water for elephants" conta a história de Jacob Jankowski, um senhor que vive em uma casa de repouso e se lembra da época em que viveu em um circo. Percebe-se logo que a autora escolheu a forma de flashbacks para contar a história. Às vezes na casa de repouso, às vezes na pele do jovem Jacob. Prestes a se formar em veterinária, algumas coisas acontecem que mudam a vida do personagem de cabeça para baixo. Ele desiste da faculdade e se joga para dentro do primeiro vagão de trem que passa pela frente. Literalmente. O trem acaba sendo um circo e ele logo arranja um trabalho qualquer para se manter alimentado e hospedado. Quando descobrem que ele é um "quase" veterinário, ele fica incumbido de cuidar dos animais.

Jacob acaba em um triângulo amoroso ao se apaixonar por Marlena, a esposa do seu supervisor. Albert, seu chefe, é aparentemente bipolar: às vezes muito solícito, às vezes muito violento. Com o tempo, Jacob acaba sendo responsável pela vida de outras pessoas do circo, a partir do momento em que o seu relacionamento com Marlena acaba sendo pivô para os ataques de nervos de Albert.

Rosie, o elefante, aparece quando o dono do circo a compra de outro espetáculo em decadência, deixando os funcionários com fome e sem salário para arcar com as despesas. Aparentemente inútil, Rosie também sofre nas mãos de Albert e encontra Jacob como um amigo.

Apesar de parecer bobinha, a história é muito fofa e acaba em muita aventura, morte, suspense, brigase tudo mais. Vale muito a pena para um momento de descontração.

Mas não assistam ao filme.

Tenho certeza de que o diretor do filme jogou as páginas para o alto e escolheu algumas ao acaso e em qualquer ordem, na hora de fazer o roteiro. Causas e consequências perderam completamente a cronologia e muitas coisas ficaram sem sentido. Prendam-se à história escrita.

3 comentários:

Raquel Linhares disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Raquel Linhares disse... [Responder comentário]

Ah, esse tá na minha lista dos próximos a serem lidos!

E eu realmente odeio muito os diretores que só usam o nome dos personagens e a história geral do livro pra fazer o filme, e criam outra trama. Foi a mesma coisa com "Querido John".

E eu tb não gosto de livros com a capa dos filmes. Não te dão margem pra imaginar os personagens principais. Eles já vem prontos. :P

... disse... [Responder comentário]

Boa noite, comprei esse livro mas ainda não tive coragem de ler, não sei por qual motivo, começei a primeira pagina, mas surgiu um livro mais interessante, que é o que estou quase a terminara agora "A menina que roubava livros" que por sinal é um livro maravilhoso. O que achou do livro Água para elefantes?
É boa a história, tive altas indicações mas também altas criticas sobre o livro!
Adorei seu blog!

Postar um comentário

O blog continua com a sua opinião.

Já conhecia o livro? O que achou dele?

Não tinha ouvido falar desse título ainda? Deu vontade de ler, certo?

Deixe seu comentário, isso faz o blog viver!

____________________________________________

Queremos uma interação maior com nossos leitores, por isso não aceitamos mais comentários anônimos.

Clique em increver-se por e-mail, assim será avisado sempre que um comentário for deixado na postagem. Uma pode ser a resposta para você.

Se quiser entrar em contato de maneira mais rápida, vá ao nosso Formulário de Contato.

Para parcerias leia aqui antes.