PROCURE SOBRE UMA HISTÓRIA:

Barra horizontal

terça-feira, 30 de novembro de 2010

A Metamorfose - Franz Kafka

A Metamorfose - KafkaMeu querido namorado se acometeu de uma loucura e de uma só vez comprou toda a Coleção Abril Clássicos. Ou seja, até o final das férias vocês irão ler muitas resenhas a respeito destes livros. Resolvi começar por um pequeno clássico (pequeno porque tem apenas 78 páginas) que muitas vezes ouvi falar no colégio: A Metamorfose de Franz Kafka.
Como muitos de vocês, eu só conhecia o começo da história e morria de curiosidade pra saber como terminava. Gregor, personagem principal e caixeiro viajante, acorda num dia e se vê transformado numa barata. Sua família (pais e irmã), que viviam exclusivamente do seu dinheiro tem que se adaptar como pode à nova condição do primogênito.

Ainda o amavam, mas ele se tornara um inseto repugnante e, bem, inútil, pois não levava mais dinheiro pra dentro de casa. Então eles acabaram trancando-o dentro do seu quarto por meses. Lá, ele divagava sobre a vida, sobre as pessoas e sobre seus sentimentos e memórias de quando era humano, enquanto via todos os seus pequenos prazeres de barata se esvaindo pouco a pouco.

Gregor entendia absolutamente tudo que as pessoas falavam, mas era incapaz de se comunicar com elas, que agiam como se ele não as entendesse. Isso tornava a situação extremamente delicada.

Muito falam sobre a filosofia dessa obra. Pra mim a analogia foi clara: trata-se de um familiar que perde parte de suas habilidades. Achei que haveria algum ensinamento na história, alguma lição pros personagens, mas ela terminou, assim, seca, triste.

1 comentários:

Carol Jardim disse... [Responder comentário]

Obrigada por me dizer como ela termina... hahhaha de qualquer forma, eu queria MUITO essa coleção quando ela lançou! Mas esse mês eu já comprei mais de 10 livros, então acho que está na hora de me controlar.

Postar um comentário

O blog continua com a sua opinião.

Já conhecia o livro? O que achou dele?

Não tinha ouvido falar desse título ainda? Deu vontade de ler, certo?

Deixe seu comentário, isso faz o blog viver!

____________________________________________

Queremos uma interação maior com nossos leitores, por isso não aceitamos mais comentários anônimos.

Clique em increver-se por e-mail, assim será avisado sempre que um comentário for deixado na postagem. Uma pode ser a resposta para você.

Se quiser entrar em contato de maneira mais rápida, vá ao nosso Formulário de Contato.

Para parcerias leia aqui antes.