PROCURE SOBRE UMA HISTÓRIA:

Barra horizontal

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

E-readers onde você os lê?

Olá amigos leitores.e-readers

Gostaria de conversar com vocês hoje sobre um assunto que é bem pertinente, os e-readers ou livros virtuais.

Esse é um objeto que vem se disseminando e tornando-se cada dia mais comum. Muitos acham que ler numa tela de computador pode ser cansativo e desestimulante, eu seria um deles, mas não posso deixar de concordar que isso é uma tendência e que pode ajudar muito a incentivar a leitura para essa geração focada no mundo virtual.

Já vi um pequeno artigo que fala que na Amazon, grande vendedora virtual, na lista dos TOP10 dos livros virtuais, essas versões vendem o dobro das versões impressas. E se nos E.U.A. isso já acontece, pode não demorar muito para o Brasil entrar nessa onda.

E hoje, vi que na realidade esses leitores ainda não são a maioria, mas tem se tornado um objeto de desejo daqueles que adotaram o hábito de ler virtualmente. Aqui no Histórias para Ler apresentamos algumas alternativas para a leitura gratuita. Todas elas são virtuais e penso que acabamos ajudando nesse processo. Não o vejo como uma coisa ruim, até por que o que nos importa é a divulgação e o incentivo à leitura, qualquer que seja.

Não me vejo como um grande adepto da leitura virtual, tenho realmente grande dificuldade em ficar parado na frente de uma tela para ler uma história, diferente do que acontece com notícias. Adoro a sensação de ter o livro, virar a página, usar um marcador de página. Mais ainda, gosto da leitura física por que me uso dela para ocupar momentos em que estou ocioso, como uma viagem de ônibus para o trabalho, aguardando num médico ou coisas assim e ainda não me vejo fazendo isso com um leitor virtual. Mas quem sabe num futuro…

Mas e você, amigo leitor. O que acha de ler uma história em um livro virtual? Acha isso interessante? Adotaria essa nova cultura ou não abre mão de ter com você as páginas de papel que o transporta a um mundo mágico onde o que manda é a sua imaginação?

Conte-nos suas experiências, vontades e gostos. É sempre mais interessante termos esse canal de conversa.

Abraços a todos,

E claro, boa leitura.

Saiba mais sobre como ter livros virtuais e grátis: Páginas comentadas no artigo:

4 comentários:

Carol Jardim disse... [Responder comentário]

Bob, minha mãe comprou o e-reader da Positivo e eu andei brincando com ele. É simplesmente genial. É mais barato, por ser brasileiro, e tem algumas funções ainda melhores do que o da Amazon, por exemplo, que, se eu não me engano, só lê livros comprados por lá. Quanto a ler na tela do PC, não é bem assim, já que o e-ink - a tecnologia dele - parece realmente papel, não é luminoso igual um pc.

Enfim, estou vendo que vou me render a ele rapidinho, já que eu leio muito mais no metrô e no ônibus, indo para o trabalho, do que em casa. E nem sempre é muito prático levar um livrão dentro da bolsa. Claro que nada substitui o livro de papel, mas só a lordose que você poupa carregando a bolsa... :)

bjs

Pedro disse... [Responder comentário]

Pô Carol, vou procurar por esse leitor. Quem sabe me agrada e ele me conquista.

Veremos o que acontece.

Beijo.

Raquel Linhares disse... [Responder comentário]

Eu adoraria ter um livro virtual que não cansasse os olhos. Eu li uma reportagem na Superinteressante falando sobre a diferença entre o Kindle e o i-Pad. A maior de todas é que o tecnologia de tela do Kindle é bem melhor do que i-Pad, cansa menos os olhos, só que há muito mais opções pro i-Pad, além de que este último tem a lindíssima sensação do virar a página. O Kindle é tipo o "primo feio", onde você vira as páginas apertando um botão.

Fato que eu vou ter um futuramente, mas acho que vou esperar a tecnologia se consolidar melhor e termos uma variedade grande aqui no Brasil, não só de e-books, como de obras disponíveis.

Carol Jardim disse... [Responder comentário]

Mas então, as pessoas têm comparado muito o iPad com o Kindle, mas eles não tem absolutamente nada a ver. O iPad substituiria um netbook (office, internet, imagens, msn etc) e o Kindle um livro. A única função do Kindle/Positivo/etc é ler. Não tem cara de sistema operacional, quando abre internet só abre para comprar livros e não sites etc.

Ainda não entendi porque a comparação... Justamente por servirem para coisas diferentes é que o Positivo e o Kindle têm tela e-ink e o iPad tem tela de PC. Para ler, só o e-reader mesmo.

Eu ainda estou esperando o colorido, para ler jornais e revistas (já foi lançado lá fora!), por isso ainda não comprei.

Postar um comentário

O blog continua com a sua opinião.

Já conhecia o livro? O que achou dele?

Não tinha ouvido falar desse título ainda? Deu vontade de ler, certo?

Deixe seu comentário, isso faz o blog viver!

____________________________________________

Queremos uma interação maior com nossos leitores, por isso não aceitamos mais comentários anônimos.

Clique em increver-se por e-mail, assim será avisado sempre que um comentário for deixado na postagem. Uma pode ser a resposta para você.

Se quiser entrar em contato de maneira mais rápida, vá ao nosso Formulário de Contato.

Para parcerias leia aqui antes.