PROCURE SOBRE UMA HISTÓRIA:

Barra horizontal

domingo, 4 de novembro de 2007

O Príncipe - Nicolau Maquiavel

O Príncipe é um livro que julguei complicado para ler mas muito interessante. Ele não tem uma história em si e pode parecer meio chato a primeira vista por isso porém, ao olhar as páginas escritas por Maquiavel, fiquei espantado como esse livro antigo nos faz refletir e perceber as relações entre os ensinamentos contidos em suas páginas e fatos contemporâneos.

Em O Príncipe, Maquiavel mostra de maneira detalhista o que, na sua opinião, é fundamental para um líder comandar, conquistar e administrar seu Estado evitando, por exemplo, revoltas e diversas manifestações que podem levar o governo de um Estado a entrar em colapso. Maquiavel nos mostra também, que possuía a idéia de que realmente os fins justificam os meios para se manter o Estado em ordem.


O Príncipe não é um livro que tem como objetivo divertir , mas quando o terminei, percebi que é um livro único e merece ser lido em alguma época da vida. Provavelmente irei lê-lo outra vez, com a mesma paciência.

6 comentários:

José da Silva disse... [Responder comentário]

Eu acho que essa pessoa que escreveu esse resumo do livro está tendo uma visao muito superficial do assunto, eu tenho um amigo que leu o principe, o melhor amigo dele tambem ja leu o principe e ele acha q nao se trata disso, e nao tenque acha msm porque nao se trata!!

Andréa Motta disse... [Responder comentário]

Mauro, você diz em sua resenha do livro que a obra não tem uma história; mas não era pra ter mesmo! Não sei se a edição que você usou da Martins Claret estava de fato completa ( como eles sempre dizem)e se traz os títulos dos capítulos usados por Machiavel. Eu, no entanto, leio essa obra no original da língua italiana e ali o título(em língua latina) pode ser traduzido da seguinte forma: "Nicolau Machiavelli saúda o Magnífico Lorenzo de Médici o Jovem", e este governaria Firenze a partir de 1513. Então, repare que a obra é, na verdade, uma grande lição de como governar o país, sob um aspecto moral e político; e como você bem disse, um texto do século XVI que se mantém atualíssimo.

Saramar disse... [Responder comentário]

Vim conhecê-los por indicação que li no blog da Andrea MOtta.
Passando rapidamente, mas já guardei o endereço para voltar logo mais à noite.
Gostei muito.

beijos

Anônimo disse... [Responder comentário]

Para mim, dois capítulos valem a discussão de todo o livro. São os dois mais citados e mais polêmicos: capítulos XVII e XVIII. Como esse livro pode ser lido a partir de qualquer ponto, já que há certa independência entre os capítulos, eu sugeriria que aquele interessado, mas pouco empolgado pela leitura inicial, fizesse primeiro a leitura desses dois que citei.

Eu sei que não foi citado isso em nenhum momento, mas vale o pedido para que não caiamos no "espírito maquiavélico" erroneamente referido no coloquial. Esse livro não expressa os desejos de mundo ideal de Maquiavel, não sendo suas idéias más, como sugere o adjetivo "maquiavélico". Na verdade, esse é um manual de um líder, desde a ascensão ao poder até como manter-se nele.

Ainda no séc XVI, Maquivel cantou as pedras do que vimos até o fim dos regimes totalitários no séc XX, com algumas pitadas nos regimes democráticos atuais.

Pedro Góes Martins

Carol disse... [Responder comentário]

Eu tentei ler O Príncipe uma vez e não consegui, além de achar a leitura um pouco complicada, achei um pouco chato, mas eu era muito nova na época, talvez eu tente lê-lo novamente!
Boa indicação

Ana Paula disse... [Responder comentário]

Olá, gostei de seu comentário sobre o livro, tentei ler, mas achei ele bem chato. Agora vou tentar denovo, pela maneira que você falou, acho que deve faler a pena. Algumas matérias de minha faculdade abordaram esse livro, mas ainda não o conheço profundamente.

Agora um comentário a parte, como uma pessoa que não conhece um determindado assunto quer comentar a respeito: "eu tenho um amigo que leu o principe, o melhor amigo dele tambem ja leu o principe e ele acha q nao se trata disso" (José da Silva).....faça-me um favor

Postar um comentário

O blog continua com a sua opinião.

Já conhecia o livro? O que achou dele?

Não tinha ouvido falar desse título ainda? Deu vontade de ler, certo?

Deixe seu comentário, isso faz o blog viver!

____________________________________________

Queremos uma interação maior com nossos leitores, por isso não aceitamos mais comentários anônimos.

Clique em increver-se por e-mail, assim será avisado sempre que um comentário for deixado na postagem. Uma pode ser a resposta para você.

Se quiser entrar em contato de maneira mais rápida, vá ao nosso Formulário de Contato.

Para parcerias leia aqui antes.